Notícias

Corregedoria-Geral da União instaura recorde de Processos de Responsabilização no primeiro semestre de 2020

DIREP abriu 33 PARs de casos de corrupção envolvendo empresas. Número representa 40% do total de instaurações, no mesmo período, em todo governo federal

A Corregedoria-Geral da União (CRG) informa a abertura, no primeiro semestre de 2020, do recorde de 33 Processos Administrativos de Responsabilização. O número representa 40% do total de instaurações, no mesmo período, em todo o governo federal. Na série histórica, apenas 2015 e 2019 registraram a maior quantidade de novos casos, sendo 23 PARs em cada ano, mas ao longo de todo o exercício.

O êxito foi alcançado pela Diretoria de Responsabilização de Entes Privados (DIREP), elevada à essa condição com a reestruturação CGU, em janeiro de 2019. A área tem como como atribuições precípuas a apuração e processamento dos casos de corrupção envolvendo pessoas jurídicas de maior relevância do Poder Executivo Federal. Prioritariamente, são conduzidos aqueles decorrentes de operações especiais, acordos de leniência, ilícitos transnacionais e aqueles cuja complexidade justifiquem a atuação direta da Controladoria.

A DIREP é responsável, atualmente, pelo total de 75 Investigações Preliminares Sumárias (IPS) e 71 Processos de Responsabilização de Entes Privados (PARs).